Ir direto ao conteúdo Clínica de Estética Esteticare Tel: (11) 3805-8333

Agende já sua Sessão

Facebook Twitter

< Voltar

Os Limites da Cirurgia Estética

Cirurgia Plástica Facial

Plástica: Um assunto tão polêmico e divisor de opiniões tem cada vez mais tomado o espaço nas reportagens diárias atualmente. As intervenções cirúrgicas começaram a surgir em prol do aumento da auto estima e também para correções médicas.

Quem nunca pensou em corrigir alguma coisinha que incomodava ali e outra aqui? Ou então quem nunca pensou em ter a boca igual da Angelina Jolie ou o nariz da Natalie Portman? Com certeza muitas pessoas já pensaram parecido!

Atualmente as intervenções cirúrgicas vêm se tornando cada vez mais comuns e tecnológicas, já que utilizam equipamentos e conhecimentos avançados provenientes da modernização da área da saúde e estética.

Cada dia temos disponíveis novas possibilidades que mexem com a cabeça e com os sonhos principalmente da população feminina, que em sua maioria, busca a perfeição estética disseminada pelos meios de comunicação em massa.

Com todas as possibilidades e até mesmo necessidades surgem também o vício e o exagero. O controle de conseguir corrigir imperfeições estéticas faz com que algumas pessoas criem um vício pela prática e busquem sempre mais. Porém, nem sempre são bem sucedidas.

Plásticas que deram errado

Plásticas que deram errado

No mundo das celebridades os acidentes estéticos são muito comuns e chamam a atenção do público. Um exemplo clássico é o caso do cantor Michael Jackson, que se deixou levar pelo vício e exagero ficando irreconhecível após anos de intervenções.

Um exemplo atual é o caso da modelo Andressa Urach, que utilizou desenfreadamente o uso de Hidrogel, substância não aprovada pela instituição americana Food and Drugs Administration, utilizada para o preenchimento entre músculo e pele a fim de aumentar medidas. Muitas mulheres já foram prejudicadas, até mesmo fatalmente, pelo uso desta substância e em muitos casos, a desinformação contribuiu.

Além destas figuras públicas, muitas outras celebridades apostaram todas as fichas na medicina e protagonizaram um perfeito acidente estético. O blog do Felipe Hansen mostrou um pouco destas celebridades, que pode ser conferido neste link pro artigo do próprio Felipe Hansen.

O blog mostra algumas celebridades que ficaram irreconhecíveis e visivelmente desproporcionais. De uma maneira mais aprofundada, mostra a busca incessante pela perfeição, pela aceitação do próprio corpo.

A cirurgia plástica vale a pena?

O uso das intervenções cirúrgicas é muito bem vindo com moderação, conseguem realizar sonhos e melhorar a autoestima refletindo diretamente na vida do indivíduo que se submete a tal procedimento, portanto vamos fazer do bisturi o nosso melhor amigo e não pior inimigo.

UPDATE:
Assisti recentemente o filme A Pele Que Habito falando sobre essa temática, achei um artigo bem interessante do Cássio Antunes no falando sobre o filme traçando um paralelo com os limites da estética e a busca da perfeição, vale a pena a leitura: Cássio Antunes - A Pele Que Habito